Comentários

Abril/2012

09/04/2012 - Anna Karina - Campos dos Goytacazes - RJ

Caro Professor, Quando um processo é extinto sem julgamento de mérito, proposta novamente a mesma ação (artigo 268 CPC), há prevenção do juízo sentenciante ou disribui-se livremente?

Olá Anna, tudo bem? Art. 253, II do CPC.

Abraço

Daniel

 


 

06/04/2012 - guilherme - Bauru - SP

Olá grande professor tudo bem?... prof vc poderia me dizer o que significa a teoria do dano fluído? desde já agradeço abraços

Olá Guilherme, tudo bem? Provavelmente o dano da coletividade tutelado pela execução por fluid recovery, consagrada no art. 100 do CDC. Trato do tema no Manual de direito do consumidor que escrevi com o Flávio Tartuce.

Abraço

Daniel

 


 

05/04/2012 - Erick Luciani Zaharoff Pontes Luz - Rio de Janeiro - RJ

Professor, sou aluno do curso Intensivo II do LFG e eu e uma amiga gostaríamos de saber se o RE 608.426-PR, da 2a Turma do STF, seria um precedente em sentido contrário à jurisprudência do STJ quanto à necessidade do responsável tributário constar da CDA, para que possa ser ajuizada eventual execução em face dele. Obrigado pela atenção e parabéns pela aula extremamente didática. Erick

Olá Erick, tudo bem? Muito obrigado pelo elogio quanto a aula. Realmente o teor desse julgamento parece contrariar a possibilidade de executar o responsavel tributário que não constar da CDA. Fiquei curioso e fui ler o acórdão, mas trata-se de decisão de apenas duas laudas, que não agrega nada à ementa. Fiquei curioso porque esse tema não é constitucional, quando muito havendo ofensa reflexa. De qualquer forma, o STJ, no último informativo, mais uma vez decidiu pelo redirecionamento da execução para o responsável tributário sem que haja a necessidade deste constar da CDA (Informativo 493, 2ª Turma, AgRg no REsp 1.279.422-SP, Rel. Min. Humberto Martins, julgado em 13/3/2012).

Abraço

Daniel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

05/04/2012 - maria diogenes bezerra - fortaleza - CE

professor a cespe perguntou algo que está em divergência entre o seu livro e o do professor fredi no concurso para juiz do pará prova realizada no dia 01.04.2012. essa questão foi considera errada, veja: ERRADA (B) No litisconsórcio eventual, a procedência de um pedido implica a improcedência do outro. ATENÇÃO: DIVERGÊNCIA DOUTRINÁRIA. ATENÇÃO: PÁG 328, LIVRO FREDIE VOL. 01, EDIÇÃO 12º. Diz que no litisconsórcio eventual, a procedência de um pedido implica a improcedência do outro, podendo, ainda, obviamente , ambos ser improcedentes. ATENÇÃO: PÁG 199, LIVRO DANIEL ASSUMPÇÃO VOL. ÚNICO, EDIÇÃO 3º. Diz que no litisconsórcio eventual OU sucessivo, a parte sabe, com precisão, quem são os sujeitos que devem participar da relação jurídica processual e o fator que caracteriza essa espécie de litisconsórcio é a cumulação de pedidos dirigidos contra ou por sujeitos distintos, que formularão o litisconsórcio; somente é possível o acolhimento de um segundo pedido se for acolhido o primeiro. ME DIGA QUAL A RESPOSTA É A CORRETA, POR FAVOR, MUITO OBRIGADA.

Olá Maria, tudo bem? Aparentemente o problema decorre da diferenciação (ou não) feita entre litisconsórcio eventual e sucessivo. No próprio livro do Fredie consta o "litisconsórcio sucessivo", no sentido de que o segundo pedido só poderá ser acolhido se o primeiro for considerado procedente. O examinador deve ter se valido da expressão eventual mas pensado no sucessivo...

Abraço

Daniel

 


 

05/04/2012 - Patricia Bedin - Cascavel - PR

Bom-dia, professor, tenho uma dúvida que a muito me encomoda, mas já pesquisei e não consigo obter resposta. É sobre os institutos da Súmula Impeditiva de Recurso e a Súmula Persuasiva. A minha dúvida é a seguinte, esses institutos não são contrapostos, um permite o recebimento do recurso e o outro impede, como faz para aplicar os institutos se eles são contraditórios, ou, na verdade, eles não são contraditórios? Obrigada desde já, Patricia Bedin.

Olá Patrícia, tudo bem? Na verdade eles convivem. O juiz não é obrigado a seguir a súmula persuasiva, somente a vinculante, mas se optar por seguir o entendimento sumulado não será cabível o recurso de apelação. O legislador imaginou que se a opção do juizo de primeiro grau foi seguir o entendimento sumulado pelo tribunal superior, não teria sentido permitir a continuação do processo até que esse entendimento venha a ser confirmado, ao final, pelo próprio tribunal superior.

Abraço

Daniel

 


 

04/04/2012 - Letícia Saraiva Florenzano - Belo Horizonte - MG

Olá Prof. Daniel, Tudo bem? Segundo o art. 34 da Lei de Execução Fiscal, contra a sentença cabem os embargos infringentes. No julgamento dos embargos infringentes, caso haja violação de lei federal, não será cabível o Resp. Em aula, nos foi colocado que "caberá ao próprio juiz de primeiro grau a dizer a última palavra em termos de lei federal". Como isso ocorrerá? Ele irá se pronunciar mediante a inteposição de qual recurso? Antecipadamente grata, Abraço, Letícia Saraiva

 Olá Letícia, tudo bem? A última palavra sobre lei federal será do juízo do primeiro grau no julgamento dos embargos infringentes. De fato não cabe REsp (a decisão deve ser de tribunal) e justamente por isso o recurso previsto no art. 34 da LEF será a última oportunidade para se decidir sobre direito federal.

Abraço

Daniel

 


 

03/04/2012 - Anna Karina - Campos dos Goytacazes - RJ

Professor, Numa ação de rito sumário, se o réu citado e intimado, oferece contestação antes da audiência e manifesta-se no sentido de não ter interesse na conciliação, quid juris? Altera-se o rito? A realização da audiência é indispensável?

 Olá Anna, tudo bem? O réu náo tem o poder de modificar o procedimento. Pode, inclusive, topar com um juiz mais formalista que decrete sua revelia por intempestividade ante tempus de sua contestação...

Abraço

Daniel

 


 

02/04/2012 - Astrilene Sombra de Sousa - Fortaleza - CE

Bom dia, professor! Gostaria que você pudesse esclarecer-me a seguinte dúvida: Em sua obra CPC p/ Concursos, p.37, por que a única exceção à questão 02 é a alternativa D, quando, na verdade, ela juntamente com as outras (exceto a C), equivalem ao contido na lei? Ou não compreendi bem a questão? Agradecida desde já!

Olá Astrilene, tudo bem? Realmente não sei... Para mim essa questão está muito estranha... Vou, inclusive, pedir para a Editora retirá-la para a próxima edição.

Abraço

Daniel

 


 

02/04/2012 - Marcelo - Brasília - DF

Prof., estou lendo seu manual volume único 3 ed. e tenho uma dúvida: na pág. 621, tem-se a indicação de informativo do STJ (o 441) no qual demonstraria entendimento contrário desse tribunal quanto ao lá exposado de que haveria sucumbência recíproca na hipótese de cumulação imprópria na qual o primeiro pedido não fora o antendido, mas o seguinte. Vi o informativo 441 e não consegui enxergar a divergência de entendimento entre sua opinião e a do STJ. Parecem defender exatamente o mesmo, considerando a sucumbência material (ao invés de somente a formal). Se você concordar com isso, aproveito a oportunidade para dizer que, apesar do livro trazer uma didática boa (c jurisprudencia atualizada e exemplos práticos), tenho percebido muitos trechos nos quais há nítidas contradições ou incorências lógicas, especialmente qd se cita jurisprudencia ou várias correntes doutriárias. Parece que o livro é feito com retalhos, em que se vai adicionando-se informações em parágrafos e páginas sem se preocupar em readaptar o texto já existente para aquela adição de modo a evitar uma leitura confusa, sem sequência lógica e até contraditória. Apenas a título de exemplo: pág. 585 demonstra dois entendimentos diversos como sendo entendimento "consagrados" no STF... afinal: qual deles é o que prevalece hoje em dia, ou é unânime???

Prezado Marcelo, tudo bem? Sinto que o livro não tenha atendido às suas expectativas. Objetivamente quanto aos dois comentários. No inicio do terceiro parágrafo da p. 621 indico que, em meu entendimento, o acolhimento de qualquer pedido na cumulação subsidiária gera uma sentença de total procedência, entendimento contrariado pelo julgado mencionado que entende ser caso de sucumbência recíproca a rejeição do primeiro e acolhimento do segundo pedido. Na p. 585, no primeiro parágrafo o tema é prequestionamento e efeito translativo, enquanto no último é a vinculação do efeito translativo ao efeito devolutivo, ou seja, temas bem diferentes.

Abraço

Daniel

 


 

01/04/2012 - Cinthia Correa Fernandes Alves - Rio de Janeiro - RJ

Gostaria de entender porque a ação de usucapião contém litisconsórcio obrigatoriamente e teria obrigatoriamente dois réus, conforme dito em aula ( o confrontante e o antigo proprietário). Naum se encontra um no pólo passivo e outro no pólo ativo? Obrigada

Olá Cinthia, tudo bem? Como a ação de usucapião é meramente declaratória, o autor já é o atual proprietário, de forma que o antigo proprietário e os confrontantes formarão o litisconsorcio passivo necessário.

Abraço

Daniel

 


 

Acompanhe nas redes sociais