Comentários

Fevereiro/2010

08/02/2010 - GUILHERME DE SOUZA ERVAS - RIBEIRÃO PRETO - SP

Boa Noite, Sou concurseiro e gostei muito da obra Manual de Processo Civil. Não comprei ainda, porque o ano passado vi, na Paraler da Unaerp, um cartaz da Editora Método que seria lançada a obra Processo Civil Esquematizado. Gostaria de saber se a obra realmente será lançada? E se ela terá todas aquelas dicas de concurso que possui o manual (teoria da causa madura, recurso prematuro, etc)ou se será bem resumida. Estou aguardando, antes de comprar o manual. Parabéns pelas obras que escreve! Grato.

Olá Guilherme, tudo bem? Realmente houve algum equivoco da Editora, considerando que não existe plano de lançamento da obra na forma sistematizada.

Abração

Daniel

 


 

08/02/2010 - Ricardo Meneghetti - Ribeirão Preto - SP

Mestre, Estou iniciando os meus estudos visando os concursos de TRT e MPU para o cargo de Analista Judiciário - Execução de Mandatos. Geralmente, essas provas são feitas pela FCC e pelo CESPE. Desse modo, o senhor acha que o seu livro é recomendado, ou devemos escolher algo mais simples? Parabéns pelo trabalho. Abraços!

Olá Ricardo, para o concurso indicado não há grande necessidade de aprofundamento no estudo da máteria, mas em especial nas provas feitas pela CESPE, a atualização jurisprudencial é essencial. Acredito que meu Manual atenda suas necessidades, mas se pretender dispensar menor tempo ao estudo do processo civil, o ideal é a leitura do CPC e dos Informativos de Jurisprudência dos tribunais superiores.

Abraço

Daniel

 


 

08/02/2010 - Rafael - Salvador - BA

Prof. Daniel, Há alguma impropriedade em chamar o julgamento de improcedência liminar (Art. 285-A CPC) de "improcedência prima facie", como ocorre em alguns manuais? Forte Abraço, Rafael

Caro Rafael, são diferentes nomes para o mesmo fenômeno processual.

Abraço

Daniel

 


 

08/02/2010 - bruno benigno - joão pessoa - PB

gostaria de formular perguntas participar do tópico daniel responde,mas não há como perguntar

Olá Bruno, as perguntas podem ser enviados pelos "comentários". Os questionamentos que julgar pertinentes eu publico no "Daniel responde", já com a devida resposta.

Abraço

Daniel

 


 

08/02/2010 - Rafael - Salvador - BA

Prof. o seu livro Manual de Processo Civil já está vendendo com a atualização de 2010?? Abraço

Rafael, o Manual foi lançado em sua 2ª edição no final de janeiro do corrente ano, já com todas as devidas atualizaçações.

Abraço

Daniel

 


 

08/02/2010 - Felipe Rocha Panconi - Juiz de Fora - MG

Caro professor Daniel, fiz a segunda etapa do MPGO e uma das perguntas de processo civil foi a seguinte: o que é significa a estabilização da instância? Eu falei de estabilização objetiva e subjetiva da lide. É a mesma coisa? Agradeço desde já. Att. Felipe.

Olá Felipe, acredito que voce tenha acertado, ainda que a expressão não seja das mais comuns. De qualquer forma, como ensinaDe Plácido e Silva em seu "Vocabulário Jurídico" (p. 750), o termo instância tem dois significados na terminologia jurídica: o primeiro é "instância é a ação em movimento, com a pra´tica de todos os atos necessários, desde que se inicia a causa, pela petição inicial, até que se conclui, por sua solução ou julgamento". O segundo: "A instância é tida, assim, no sentido de grau de jurisdição ou hierarquia judiciária (...). Como se pode notar, somente no primeiro sentido a expressão pode ser aplicada, significando estabilização da demanda (ou da ação).

Abraço

Daniel

 


 

07/02/2010 - Ive - vitoria da conquista - BA

Daniel, qual livro de processo civil você recomenda para o concurso do Ministério Público do Trabalho? Gostaria de estudar pelo seu Curso, pois fui sua aluna e gostei muito das aulas. Seu livro é uma boa indicação para esse concurso? Ah, gostaria de saber também se você nao poderia ministrar aulas no curso Intensivo Trabalhista do LFG, seria excelente! Abraços! Ive.

Olá Ive, sem querer vender meu peixe(rsrsrs), acredito que meu Manual seja adequado para a prepração para o MPT. Como você também estudará processo do trabalho, acredito que um Manual mais direcionado como o meu seja perfeito para a preparação.

Abração

Daniel

 


 

07/02/2010 - paula - rio de janeiro - RJ

Dileto professor: adquiri a 2a. ed de seu manual: EXCELENTE!!! Gostaria de saber v. e-mail para encaminhar eventuais dúvidas. Parabéns pelo site!

Olá Paula, envie as dúvidas pelo "comentários". Sendo a pergunta pertinente, respondo no "Daniel responde".

Abração

Daniel

 


 

06/02/2010 - Felipe - Belo Horizonte - MG

Boa tarde professor! Estou começando a estudar os informativos do STF/STJ e gostaria de sua orientação, se possível. Estou um tanto quanto perdido em algumas questões: Devo ler todo o informativo da semana? Inclusive as decisões das turmas, ou basta eu ler as decisões do plenário? E as "repercussões gerais"? Outra coisa, vale a pena comprar esses compilados de informativos do ano anterior? Muito obrigado pela atenção.

Olá Felipe, tudo bem? O ideal é você se cadastrar nos sites dos tribunais superiores e receber em seu email todas as semanas os Informativos de Jurisprudência. Vale a pena ler todos. Os livros compilados são interessantes porque abreviam o trabalho da busca pelos meios eletrônicos.

Abraços

Daniel

 


 

06/02/2010 - Bruno - Fortaleza - CE

Caro prof. Daniel: Gostaria de saber quais os assuntos que serviram de atualização em sua obra "Manual de Direito Processual Civil", haja vista que haverá uma mudança na legislação com o novo projeto do código de processo civil. Muito grato. Abraço. Bruno

Olá Bruno, tudo bem? Com relação ao "novo Código de Processo Civil", o que existe atualmente é apenas uma comissão criada pelo Senado Federal para apresentar um projeto num prazo de 6 meses. Sinceramente, entendo que o prazo é exiguo e necessariamente será prorrogado. Mas não é só, após a apresentação desse projeto, haverá todo o tramite legislativo de aprovação, com um novo governo que assumirá em 2010 (situação ou oposição). Sinceramente, rejeitaram o projeto de Código de Processo Civil Coletivo, com pouco menos de 100 artigos porque entenderam que não cabia mais um código no sistema. Demoraram mais de 25 anos para aprovar o Código Civil... Ficar na expectativa do "novo Código de Processo Civil" é ficar parado indefinitivamente no tempo, a espera de algo que nem se pode garantir que efetivamente exisitirá...

Abraço

Daniel

 


 

Acompanhe nas redes sociais